AlexKid Music: Um novo conceito

O INÍCIO

Em meados de 2003, os amigos Leonardo Ramos e Marcel Klackzo se juntaram e montaram uma banda chamada Elisa, o embrião do que viria a ser o AlexKid. No início o Elisa tinha influências bitoladas em bandas como Tool, Queens of the Stone Age, Deftones, Muse e Nine Inch Nails. 

Na época do Elisa, Léo e Marcel ensaiavam, na maioria das vezes, sem baixista e guitarra de apoio devido à dificuldade de encontrar integrantes fixos. Passaram pela banda nomes como: Hudson (ex-Audio), Bernardo John (Froid, Crivo, Rajar, Auria…), Xande (Antemic) e até Marcelo Índio (é, aquele cara que gravou os três primeiros CD´s do Dead Fish!). Até a formação se estabilizar mais uma dezena de desconhecidos passaram pela banda. 

O CONCEITO

Após algum tempo, Léo e Marcel decidiram definir o nome como AlexKid Music, pois nas palavras do próprio Léo “foi um game que marcou a vida dos amantes de videogame”. A formação se estabilizou com a entrada de dois novos integrantes: Amaury (que até então era quebra-galho oficial do Antemic) e Jackson Groove (baixista do Símios). Adicionaram diversas influências pop como John Mayer, e Deathcab for Cutie, Paramore, The Academy Is  e outras mais rock como Underoath, Minus the Bear, Fallout Boy, Panic! At the Disco e Circa Survive.

alexkidmusic-banda.jpg

Segundo Léo, o AlexKid Music surgiu com a proposta de “fazer um som diferente sem ter medo de soar pop”. Ao escutar as músicas a sensação que se tem é de realmente estar ouvindo um mix de diversas influências que originam uma identidade própria. Além disso as letras não usam os clichês do pop convencional. É só escutar a música Mal-dito, disponível no MySpace dos caras. 

O AGORA

A banda já está terminando as gravações de seu primeiro álbum, ainda sem nome, e com previsão de lançamento para dezembro deste ano. O disco conta com a produção de Sérgio Benevenuto, que tem em seu currículo bandas como Ócio, Símios e Rajar. O AlexKid gera grandes expectativas nos ouvintes do “novo rock”, e alguns críticos já vêem a banda como uma promessa no cenário capixaba e brasileiro.

 Por incrível que pareça, antes mesmo que gravar o primeiro registro, os caras já possuíam cerca de 60 composições próprias, e tiveram o difícil trabalho de escolher apenas 12 para compor o álbum de estréia. 

“As composições que restaram do primeiro álbum serão guardadas para registros futuros”, disse o vocalista Léo. Ainda há possibilidade de essas sobras serem disponibilizadas da internet com um lado-B.  A banda espera o lançamento do primeiro álbum pra cair de cabeça na rotina de shows por todo o estado e até fora dele.

 Enquanto o Cd não sai, escutem a música Mal-dito, disponível no MySpace da banda, e assistam à música “Dois na Estrada”, gravada ao vivo pelo VibeRock, numa apresentação na Wall Street.

Obs1: Dessa vez a imagem do vídeo está boa! =)

Obs2: No vídeo o João Paulo (Antemic) quebra um galho na batera.

Obs3: Comentem!!! =)

Anúncios

4 Responses to AlexKid Music: Um novo conceito

  1. João Tarcísio disse:

    o som dos caras realmente é muito bom. pocou
    mas o vídeo tá escurasso.
    abraço, sempre que postar estamos aê

  2. joao disse:

    guga preates… seu bixa…
    vc me ligou dezenas de vezes essa semana….
    qq houve????

  3. Manero Guga!

    Pokante … hauhauhuahau

    Gostei do nome “Alex Kid Music” … é legal de pronunciar … Não que eu vá ficar repetindo, rs

    Vou conferir o som da banda!

    = )

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: